Motos agora terão airbags? Fábrica registra equipamento; entenda

As marcas fabricantes de motos estão sempre em busca de novos equipamentos e inovações para garantir mais segurança aos pilotos e passageiros! Há equipamentos como controle de tração e ABS atuante em curvas, assim como também os coletes de airbags e capacetes equipados com MIPS (Sistema de Proteção de Impacto Multidirecional).

publicidade

No entanto, as marcas ainda querem oferecer mais. Elas continuam em busca de novos dispositivos e soluções mais seguras. Os airbags, presentes em diversos modelos de carros, ainda não estão disponíveis em motos, com exceção a Honda GL 1800 Gold Wing.

Recentemente, uma patente da Honda revelou que a marca está investindo pesado e refinando seu sistema com airbgs. A Italdesing está desenvolvendo um novo tipo de cinto de segurança para as motos e scooters.

publicidade
airbags
Motos agora terão airbags? Fábrica registra equipamento; entenda

Mas o que está surpreendendo os apaixonados por motos 2022, é a criação de um conjunto de guidões colapsáveis, que tem como objetivo mitigar lesões ao piloto em caso de queda. A responsável por esta inovação é a empresa sueca de airbags automotivos, a Autoliv.

Como já se sabe, na maioria das colisões frontais, os motociclistas são arremessados para longe. Geralmente, são arremessados sobre a dianteiro do veículo, onde caso o piloto bata no guidão, os ferimentos são ainda mais graves.

publicidade

Com o objetivo de amortecer um pouco mais a queda, a Autoliv está criando esse novo sistema que tira o guidão do camiho assim que o sistema eletrônico da motocicleta detecta uma colisão.

A moto que for equipada com o sensor da Autoliv, sua central eletrônica conseguirá ser capaz de determinar quando ela estiver envolvida em um acidente.

✓ Veja mais notícias sobre motos para 2022:

publicidade

Outra inovação são os cabos pirotécnicos que explodem e destroem os parafusos, presentes nas braçadeiras de fixação do guidão.

“A Autoliv também prevê meios alternativos que não incluem parafusos de fixação explosivos. O segundo método ainda inclui cabos pirotécnicos, mas a empresa também utiliza um dispositivo de corte. Quando acionado, ele “corta uma seção externa no tubo do guidão, o que leva a um enfraquecimento significativo da peça”. De acordo com a patente, uma vez que o piloto entra em contato com o guidão num acidente, “a peça é facilmente quebrada””.

Fonte: Motor1.com

publicidade

Avalie este conteúdo!

Avaliação média:
Total de Votos:

Motos agora terão airbags? Fábrica registra equipamento; entenda

Arthur Lins
Formado em jornalismo, Arthur é especialista em motos e se juntou a equipe do Motos News em 2020 e desde então, vem trazendo novidades semanalmente para a página e assuntos relacionados ao mundo das duas rodas deixando todos os nossos leitores bem informados.